Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Abril, 2012

Perdeu-se de mim, largou-se, constrição total no mundo dos loucos

Todo sonho pode ser uma ameaça sendo simplesmente um punhado de nada. Manifestação tardia que ninguém testemunhou. Por isso, ocorrendo, será passado já. Rodar a internet até entender que tudo é passado, sendo antes e sempre promessa de futuro. Se um dia pudermos mesmo adivinhar o futuro, seremos a negação da própria ideia de conhecimento, ao menos do conhecimento como resultado de qualquer esforço. Solução fácil, esperar que um deus venha resolver o dilema. Se houver mesmo universos paralelos, mundos que se alcançam pela ação mental de um corpo estático, se houver uma pálida mas real possibilidade de ação imaterial à distância, nesse caso a ideia de deus também estará vencida, superada, decaída, inapelavelmente. Um deus pai, governante, juiz e único somente é possível num mundo caótico, ou seja, real.

Armas, compre uma antes que fique pior. Prova de que no Brasil não existe ministério público nem procuradoria geral da República

Publico do modo que recebi, com erros crassos de português e tudo mais. Não tenho culpa se o Ministério Público não apura e apenas usa a marca como fantasia para ninguém levá-lo a sério.



Lembra da história do desarmamento ?

Pouco antes do Referendo de 23 de Outubro de 2005, circulou por toda Internet uma notícia dando conta de que, a razão pela qual a Rede Globo apoiava fervorosamente a Campanha de Desarmamento , seria o fato de que essa empresa teria se associado a Glock, fabricante austríaca de pistolas semi-automáticas, para dominar o mercado de
segurança privada em todo o País. Com o cidadão proibido de ter armas e com a segurança pública praticamente falida, a Rede Globo criaria uma gigantesca empresa de segurança particular e a Glock por sua vez, forneceria as armas com exclusividade.

Na época, tal idéia parecia absurda! Alguns afirmaram que
era um simples boato ou invenção dos defensores do NÃO! Ora, como uma empresa de armas de fogo estrangeira se instalaria em um País cujo Governo…

A força das prostitutas na res publica

Senhor Roberto Gurgel, em tese o senhor acobertou vários crimes. A tese do "em tese" é de sua autoria, lembra? A serviço de quem, e a que preço, Dom Gurgel de Cervantes e Dilmalândia?

Estamos vendo a prostituição do conceito de CPI. Logo logo somente as prostitutas serão dignas de crédito nesta Res Pública.
Pelo menos as prostitutas quando falam derrubam ministros, governadores, executivos e até porteiros.


Leia mais, uai: http://oglobo.globo.com/pais/noblat/posts/2012/04/28/cpi-de-faz-de-conta-por-merval-pereira-442491.asp

Uma das músicas mais bonitas que conheço, agora traduzida

Esta música foi escrita para um filme a partir da realidade das ruas de Skid Row, um bairro de Los Angeles, cuja foto, de uns seis anos atrás, está postada logo abaixo da tradução. (Alguma semelhança com algum lugar que conhecemos?)







sticks and stones will break my bones,
pedras e paus podem moer meus ossos

but i always will be true,
mas eu sempre mostrarei o que as coisas são

and when your mama is dead and gone,
quando sua mãe estiver morta e enterrada

i'll sing this lullabye just for you,
eu canto este acalanto só pra você

and what becomes of all the little boys,  who never comb their hair,

o que será dessa rapaziada, sem mãe nem nada

well they're lined up all around the block, on the nickel over there.
Bom, lá estão eles alinhados na calçada, no “buraco”, logo ali

so you better bring a bucket, there is a hole in the pail,
É melhor você trazer um balde, por que você vai vomitar (se quer mesmo ver a realidade)

and if you don't get my letter, then you'll know that i'm …

As cores de abril

As cores de abril. Os ares de anil. O mundo se abriu em flor.
E pássaros mil nas flores de abril voando e fazendo amor.


O canto gentil de quem bem te viu num pranto desolador.
Não chora, me ouviu. Que as cores de abril. Não querem saber de dor


Olha quanta beleza. Tudo é pura visão
E a natureza transforma a vida em canção


Sou eu, o poeta, quem diz
Vai e canta, meu irmão
Ser feliz é viver morto de paixão



A riqueza dos presidentes nos Estados Unidos e no Brasil

Informa o site português "Era Uma vez na américa" que um portal norte-americano, o 24/7 Wall St., fez um estudo sobre a riqueza dos 44 Presidentes dos Estados Unidos da América, apontando em números atuais o valor das suas fortunas.
Nesse levantamento se informa que nem todos os presidentes fizeram fortuna, e alguns deles morreram mesmo na bancarrota, como Ulysses S. Grant. 
O mais rico de todos foi John F. Kennedy uma fortuna avaliada no valor de 1 bilião de dólares, o dobro de George Washington, o primeiro presidente americano.
Na era moderna, destaque Lyndon Johnson com 98 milhões, Franklin D. Roosevelt, com mais de 60 milhões e Bill Clinton com 38 milhões. Alguns deles, como Bill Clinton ou Gerald Ford, arrecadaram riqueza depois de saírem da Casa Branca. Outros presidentes da era moderna, como Harry Truman ou Woodrow Wilson, nunca chegaram a ser ricos. Barack Obama já tem uma soma avaliada em 5 milhões de dólares, especialmente devido aos seus livros. Ainda ir…

A ideia da alma não é ruim, tornou-se apenas limitante, sobretudo nas mãos do mercado religioso

Sem a noção de alma, como mostra Whitley Strieber, regredimos à condição básica, ávidos e aguerridos apenas para defender nosso espaço, ou seja, para permanecer na condição de animais. Essa metáfora é simples, remete a milhares de discussões antigas. Mas o livro de Strieber explora uma ideia mais interessante por trás da ideia de que o mundo acabará em dezembro de 2012. Mas somente a experiência da leitura dará a cada interessado o ingresso ao portal que transforma religiosidade superficial em dúvida pessoal, caminho finito mas necessário em qualquer tempo, menos para os animais. O livro chama-se 2012, A guerra pelas almas. 351 páginas, editora Planeta.

Uma ideia que transita ao longo de todo o livro de Strieber é a de universos paralelos, a noção de que ao mesmo tempo em que nós, humanos, vemos e fazemos coisas neste plano, outros seres agem aqui mesmo mas num universo paralelo. Especulação interessante, e se quiser saber mais precisará ler mais, sobretudo pensadores como Roger Penros…

Livros on line. Editoras vão ressarcir consumidores, nos Estados Unidos. Já no Brasil...

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos indiciou a Apple e cinco das maiores editoras do mundo, sob a acusação de que essas empresas, entre outras, atuaram em conluio para evitar a redução no preço dos e-books quando passaram a usar o que ficou conhecido como “modelo de agenciamento”, em 2010.

O resultado prático desse conluio foi tornar praticamente impossível aos portais vendedores de livros on line (ebooks), notadamente a Amazon vender livros a preços reduzidos. 

A informação foi atualizada hoje pelo portal Publisnews.

O texto escrito por Roberta Campassi informa ainda que depois que o Departamento de Justiça instaurou a ação, 16 estados americanos seguiram o mesmo caminho, abrindo processo contra Apple, HarperCollins e Hachette. Até o momento, as duas últimas concordaram em pagar US$ 51 milhões como ressarcimento aos consumidores.


Mais informações:
Processo contra editoras muda o jogo do preço do e-book

A crucificação de Cristo, o suicídio e a rebelião em Atenas

Texto de Mauro Santayana, publicado no dia 6 de abril de 2012 no Jornal do Brasil, abaixo na íntegra:
O homem que prenderam, interrogaram, torturaram, humilharam, escarneceram e crucificaram, na Palestina de há quase dois mil anos, foi, conforme os evangelhos, um ativista revolucionário. Ele contestava a ordem dominante, ao anunciar a sua substituição pelo reino de Deus. O reino de Deus, em sua pregação, era o reino do amor, da solidariedade, da igualdade.
Mas não hesitou em chicotear os mercadores do templo, que antecipavam, com seus lucros à sombra de Deus, o que iriam fazer, bem mais tarde, …

Mulheres e os fantasmas da solidão

Les passantes 

On pleure les lêvres absentes de toutes ces belles passantes que l'on n'a pas su retenir/ a gente chora os lábios ausentes daquelas belas mulheres que encontramos e não sabíamos fazer ficar



Je veux dédier ce poème
A toutes les femmes qu'on aime
Pendant quelques instants secrets
A celles qu'on connait à peine
Qu'un destin différent entraîne
Et qu'on ne retrouve jamais
A celle qu'on voit apparaître
Une seconde à sa fenêtre
Et qui, preste, s'évanouit
Mais dont la svelte silhouette
Est si gracieuse et fluette
Qu'on en demeure épanoui
A la compagne de Voyage
Dont les yeux, charmant paysage
Font paraîte court le chemin
Qu'on est seul, peut-être, à comprendre
Et qu'on laisse pourtant descendre
Sans avoir effleuré sa main
A la fine et souple valseuse
Qui vous sembla triste et nerveuse
Par une nuit de carnaval
Qui voulu rester inconnue
Et qui n'est jamais revenue
Tournoyer dans un autre bal
A celles qui sont d…

A onda que fazem os trolls

Esta vem de Gustavo Benedito Reis Costa, a partir de uma discussão sobre sistemas operacionais e suas  inadvertidas descambações, muito comuns no facebook onde muita gente se diverte comentando o quê você vê ou visita.
"Trollar significa agir com troll, tirar sarro, tirar onda com alguém. E troll designa uma pessoa cujo comportamento tende sistematicamente a desestabilizar uma discussão, provocar e enfurecer as pessoas envolvidas nelas. O termo surgiu na Usenet, derivado da expressão trolling for suckers (lançando a isca para os trouxas), identificado e atribuído ao(s) causador(es) das sistemáticas flamewars".

Pergunta irritante para o PT

Mas está aí, retirei de alguém que postou no Facebook de outro alguém.





A VERDADE ESTÁ NA CARA. O texto que Lula mandou censurar

Páscoa, né. Então, só para lembrar, comecemos com o comentário de Dora Kramer, no Estadão: 'A decisão do TSE que determinou a retirada do comentário de Arnaldo Jabor do site da CBN, a pedido do presidente 'Lula' até pode ter amparo na legislação eleitoral, mas fere o preceito constitucional da liberdade de imprensa.

Eu até não gosto dos textos de Jabor, acho que ele faz média demais com mulheres e poderosos, mas neste caso vou fechar meio olho e reproduzi-lo na íntegra, mesmo perdendo pontos nos algoritmos que comparam textos nos mecanismos de busca do google.

A VERDADE ESTÁ NA CARA, MAS NÃO SE IMPÕE.
(ARNALDO JABOR)

O que foi que nos aconteceu?
No Brasil, estamos diante de acontecimentos inexplicáveis, ou melhor,'explicáveis' demais.
Toda a verdade já foi descoberta, todos os crimes provados, todas as mentiras percebidas.
Tudo já aconteceu e nada acontece. Os culpados estão catal…

Maria Joana agora tem certeza, ninguém é o que é, o mundo não existe, somos imagem e semelhança de ninguém.

Acontece às vezes de Maria Joana simplesmente parar para pensar. E alguém logo dirá: espera um pouco senhor narrador, que já finalizaste uma frase com cinco emes e agora termina outra com três pês e cinco as. E como é isso de alguém simplesmente parar para pensar pensamentos imperfeitos? E fica agora com seis pês para fechar a conta, emes fora que já entraram em outro balanço?

Ficam eleitas as angústias de Maria Joana, que de línguas ciciantes o mundo anda cheio, disse o narrador antes do café que terminou sendo um café mesmo.

Já se anotou em crônica de ameaça que Maria Joana andou cercando a ideia do suicídio. Transitou ali pelos lados das marias que outras seguiam, das joanas que de camas faziam o seu ganha-pão, ganha-roupa, ganha-anel e calcinha. Passou pela Argentina de vinhos e jantares, e tome cama. Chegou ao psicanalista o qual já estava no cômputo do terceiro apartamento a comprar para investir quando Maria Joana desistiu da terapia, praticamente sem começar, ou no dizer dos ter…

Nada de novo, apenas confirmação sobre a santa

Mais um prego no sapato

O PT que Maluf criou

Paulo Maluf terá sido o modelo inconsciente do PT. 
Paulo Maluf, PM, PT.
Leia atentamente o que o PT planeja como estratégia de campanha para a salvação da falência do Haddad.
Lula e o PT no melhor estilo Maluf. Ou uma nova má lufada que promete abalar São Paulo.

Da guerrilha e da asponidade

Quando constar no currículo que o sujeito foi preso político é obrigação de cerimonial é porque realmente a geleia geral nos governa.


Quantas bobagens ainda teremos de ouvir a propósito de apolônios, dirceus e crendices idiotizantes?