Eu vi, eu conheci, eu experimentei

Dans tes yeux limpides  J'ai connu l'amour.  

Uma das músicas mais bonitas e inspiradoras que se pode criar e cantar, mesmo com a advertência: "o que o homem faz ao homem, sob qualquer pretexto, um animal não faz a outro animal".


Mais malgré le pire                           Mas apesar da loucura
Des destins pervers                         De um destino perverso
J'ai connu ton rire                             Eu encontrei teu sorriso
Et ton regard clair                             E teu olhar límpido
Quand dans ce morbide                  E no meio desse hospício
Mouroir sans secours                      sem futuro que é o mundo
Dans tes yeux limpides                   Nos teus olhos límpidos
J'ai connu l'amour.                           Eu conheci o amor



Mensagens populares deste blogue

Levantar a ponta do véu da saúde mostra que a noiva está sem calcinha

O complexo de Édipo na política brasileira

O que o PSDB precisa fazer para ser PSDB?