O estado das coisas e a perspectiva do nada, claro, com relação ao PT

Todo brasileiro adulto, na opinião deste blogueiro chato, deveria fazer um favor a si mesmo: ler apenas um livro, leve o tempo que levar. É algo tão simples como aprender a andar de ônibus. Na verdade, é algo mais simples do que andar de ônibus, pelo menos no Brasil.

Leve um ano, leve dois anos lendo esse tal livro. Não, não se trata de nenhum dos 50 tons de bobagens criativas que a indústria do lixo cultural tenha produzido, com nome estranho e a expressão "sua puta, sua puta, sua puta, sua puta, sua puta" (sic), logo na primeira página, que você até poderá checar, só para se divertir.

Mas se quer mesmo fazer um favor a si mesmo e entender um pouco mais sobre a sua vida nestes tempos governados pelo PT terá de ler algo mais sério, histórico, nascido de um quadro geral de valores e acho que, por tudo isso, muito básico também. Quem já leu o livro que tenho em mente, e demorei para me dar conta de que este livro era o ideal, está naturalmente convidado a analisar se as consequências embutidas nesta minha recomendação fazem sentido.

Recomendações são como bula de remédio, não têm nenhum valor até a primeira disenteria arrepiante, regada a abusos por causa apenas do preço da feijoada.

Então vamos lá. Refiro-me a... amanhã eu falo

Comentários