Um perfume com a marca da picaretagem

Qual é o futuro de um povo que compra isto?

Fique atento, não estou entrando em discussões teológicas, como, por exemplo, considerar que se Jesus é um ser criado pela mitologia é perfeitamente válido que tenha um "cheiro" subjetivo, isto é, pessoal, condição em que cada pessoa projeta um cheiro, assim como uma ideia de luz. Pode, sim, chamar essa epifania "cheiro" ou "luz" de Jesus, mas é um fenômeno mental, um constructo. Larga a mão de ser preguiçoso e vai estudar o que é um constructo.


Comentários