Há enorme diferença entre assumir paternidade e não romper afetivamente com alguém que não é filho legítimo



Uma entrevista um tanto quanto mordaz mas bem escrita sobre Fernando Henrique Cardoso. Numa democracia é assim, não importa se o repórter é mordaz, foi crítico e isso é bom. E quem sabe ler verá essas miudezas do texto. Mas vale a pena:

http://glamurama.uol.com.br/fernando-henrique-cardoso-fala-sobre-lula-governo-dilma-consumo-namoro-e-tudo-o-mais/

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Levantar a ponta do véu da saúde mostra que a noiva está sem calcinha

O complexo de Édipo na política brasileira

O que o PSDB precisa fazer para ser PSDB?