Números estranhos colocam sérias dúvidas sobre eleição em Osasco

O ex-agente de segurança em informática César Parra há tempos vem dizendo em seu perfil no Facebook que as eleições de Osasco foram fraudadas, com números no mínimo estranhos e coincidências que desafiam todas as leis das probalidades estatísticas. 

E mais, em comentário posterior, Parra acrescentou:


Votos do Osvaldo Verginio e Delbio Teruel foram fundamentais...Outra coisa: Fraude não é exclusividade somente de Osasco. Guarujá, Praia Grande, Peruibe, Itapevi, Carapicuiba, Ribeirão Preto, Cajamar, Ibaté, Santo Anastacio, Guarulhos, Diadema, São Bernardo do Campo, São Paulo, Santana de Parnaiba, Barueri, Lajinha/MG, Altônia/PR, Cruzeiro do Oeste/PR, dentre outras cidades também apresentam anomalias, até mais que Osasco...

O quadro abaixo, de autoria de Parra, contém um único exemplo. 




Comentários