Parece impossível explicar a essas criaturas

De Olavo de Carvalho:




“Do ponto de vista dos organizadores e líderes, o sentido do movimento é claro: acabou a fase de transição, de conchavos e acomodações; agora é o socialismo para valer e foda-se a primeira leva de revolucionários que nos conduziu até aqui. Para os participantes, exceto os bem treinados, que sabem a quem obedecem, o negócio pode significar o que bem desejem.

Nunca imaginei que a inteligência da massa universitária pudesse descer tão baixo. No Occupy Wall Street você não encontrará um único baderneiro que imagine estar participando de um movimento “apolítico”, que ignore tratar-se de iniciativa da esquerda radical. No Brasil, cada um atribui ao movimento como um todo a vontade pessoal que o anima por dentro. Porque o sujeito não se sente comunista, e participa do movimento, ele conclui que o movimento não é comunista. Parece impossível explicar a essas criaturas que um movimento político não é a confluência fortuita de emoções íntimas que, por casualidade, estavam na mesma praça na mesma hora. Nunca a expressão “massa de manobra” foi mais oportuna e exata”.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Levantar a ponta do véu da saúde mostra que a noiva está sem calcinha

O complexo de Édipo na política brasileira

O que o PSDB precisa fazer para ser PSDB?