O texto assinado e as digitais de quem escreveu

O Gibran de Lula ou o Cat Stevens de Falcão


O texto assinado por Lula no New York Times tem extremo parentesco com o assinado por Ruy Falcão logo no início dos protestos.

Por aí vemos quem escreveu o texto. 


E Lula confirma que aparecerá como oposição... a ele mesmo. 

Você crê? Azar seu.

Veja o trecho final do texto atribuído a Lula, é de morrer de rir: 

When talking with young leaders in Brazil and elsewhere, I like to tell them this: Even when you are discouraged with everything and everyone, don’t give up on politics. Participate! If you do not find in others the politician you seek, you may find him or her in yourself..


Tradução: Quando eu converso com líderes jovens, no Brasil e fora do Brasil, eu gosto de dizer a eles isto: mesmo quando você estiver se sentindo desencorajado com tudo e todos, não desista da política. Participe. Se você não encontrar nos outros o político que você procura, você poderá encontrá-lo em você mesmo.

Fiquei em dúvida. Cat Stevens ou Khalil Gibran?


Enquanto isso, o Congresso transforma pizza em sapo e chama isso de referendo.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Levantar a ponta do véu da saúde mostra que a noiva está sem calcinha

O complexo de Édipo na política brasileira

O que o PSDB precisa fazer para ser PSDB?