Fora da curva e dentro da média?

Quando o Barroso faz um discurso dizendo que não há corrupção de um partido estará querendo dizer que o PT pode corromper para ficar na média?

O que já é mais do que evidente: Barroso tem sido coerente em suas escorregadias declarações, parecem pré-clímax, algo do tipo "preparem-se para novas decepções, eu não sou o que pareço ser, escorrego feito o diabo e fico na linha feito qualquer oportunista".

Quando o Lewandowski faz chicana descarada usando a lei e o cargo é para todo mundo ficar feliz?

Enquanto isso, faz mais de 200 (?) dias que Lula não explicou nada sobre o faturamento da primeira-cama Rosemary, nem foi levado pelo MP a explicar-se.

Comentários