Marina ingressa no Partido Socilista Brasileiro, mas tudo ficará com a cara de sempre, ou seja, nenhuma


Depois de obter milhões de voto, no primeiro turno, dona Marina quis formar um conselho externo ao PV para manobrar e ficar na condição do "quem quiser que venha atrás". Quatro anos depois, a mesma coisa. Como se vê, o deslumbramento consigo mesmo tem vários nomes e atravessa os perfis humanos de alto a baixo. Neste caso, vai confirmando aquilo que se percebia: despreparo, mentalidade limitada, onda movida a interesses que desmontam os partidos políticos e ignoram a cidadania plena.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Levantar a ponta do véu da saúde mostra que a noiva está sem calcinha

O complexo de Édipo na política brasileira

O que o PSDB precisa fazer para ser PSDB?