Partido dos Trabalhadores apenas entrou no mesmo esquema de corrupção e impunidade. Passou a estimular a alienação.


Guinada à direita
            
Por Salvatore D' Onofrio


Corajoso e procedente é o artigo de “Antonio Prata, “Guinada à direita” (Folha, 3 do 11), denunciando o totalitarismo de esquerda, que atualmente está governando o Brasil. Mas sua proposta de uma nova “Marcha da Família com Deus pela Liberdade” que, em 1964, culminou na instalação da ditadura militar, está completamente fora de propósito. Benito Mussolini dizia “indietro non si torna” (non se volta atrás)! A evolução é sempre para frente! Afirmar que “a meritocracia reinava por estes costados desde a chegada de Cabral”, agora tendo acabada com o petismo no poder, vai contra a verdade histórica. O Partido dos Trabalhadores apenas entrou no mesmo esquema de corrupção e impunidade, pois no Brasil nunca houve um governo que colocasse em prática a justiça social, retribuísse conforme o mérito, abolisse toda forma de privilégio. A meritocracia só pode funcionar numa democracia participativa, onde o bem público fosse sobreposto a interesses de particulares ou de grupos que detêm o poder político e econômico. Lutemos, portanto, para que um dia isso possa acontecer no nosso país.



Salvatore D' Onofrio
Dr. pela USP e Professor Titular pela UNESP
Autor das seguintes obras:
Dicionário de Cultura Básica   (Publit)
Literatura Ocidental e Forma e Sentido do Texto Literário (Ática)
Pensar é preciso   (Editorama)
Pesquisando - teoria e prática de uma monografia  (Editorama)
www.salvatoredonofrio.com.br
http://pt.wikisource.org/wiki/Autor:Salvatore_D%E2%80%99_Onofrio

Comentários