Folha de São Paulo precisa começar a ler o Estadão



A critica aos jornais é uma forma de melhorá-los (ou de como a Folha de S.Paulo merece críticas hoje)

A Folha de São Paulo noticiou hoje com destaque a saída de Aécio Neves e de Eduardo Campos do governo dos respectivos estados. Por que razão a Folha não dá o mesmo enfoque à comitiva que Lula comanda na campanha antecipada ao governo do Estado onde quer colocar Padilha?

Caramba: qual a razão da saída do poder estadual de Aécio e Campos? Disputar a eleição. Querem que eles cantem ou declamem verso de Camões no ato mais político que existe, e regulamentado em lei? Lula não obedece a lei e passa fácil pelas lentes da Folha de São Paulo? Parece que a Folha tem uma posição. Nada demais, é da democracia. Mas chamar eleitor de burro é burrice.

Comentários