Fernando Henrique nunca disse que deveríamos esquecer o que ele escreveu

Por Sergio Vaz

CARTA ABERTA A UM QUERIDO AMIGO QUE SE DIZ EX-PETISTA

Tenho um amigo do peito, o Miltinho, que contesta cada post que entra no meu site 50 Anos de Textos. Hoje, sobre o artigo de Mary Zaidan "Pega na mentira", Miltinho escreveu: "Grandes mentirosos! Outros falam verdades mas pedem que as esqueçam."

Respondi lá, vou responder também aqui:


Pois é, aí é que está a comprovação de que o Goebbels tinha razão: de tanto repetir uma mentira, ela passa a ser tida como verdade. FHC jamais disse a frase “Esqueçam tudo o que eu escrevi”. Mas os petistas, e os petistas que jamais se arrependeram de terem sido petistas, como você, Miltinho, passam a acreditar na mentira tantas vezes repetidas por vocês mesmos.

Mas o que é absolutamente sacal, insuportável, é essa capacidade de todos vocês, petistas e ex-petistas, uns mais envergonhados, outros menos menos, de terem um único argumento na vida: ah, sim, nós erramos, mas vocês também erraram! Nós nos unimos ao Sarney, mas vocês também! Nós bajulamos o Renan hoje, até por que em grande parte dependemos dele para nos livrar da CPI da PTbrás, mas o Renan foi ministro FHC. Nós roubamos, mas vocês também roubaram!

É fantástico. Estamos em 2014. FHC deixou o governo em 2002 – mas tudo o que vocês conseguem dizer é: ah, mas o FHC privatizou, o FHC disse que era para esquecer o que ele tinha escrito, o FHC teve Renan como ministro!

Vocês não conseguem se libertar do FHC! É impressionante!

Terapiazinha aí, talvez?


Comentários