Mensagens

A mostrar mensagens de Agosto, 2014

Quatro perguntas para Marina Silva responder

Imagem
Augusto de Franco



Publiquei hoje cedo um artigo sobre a sucessão presidencial do ponto de vista da democracia. Alguns seguidores de Marina ficaram alvoroçados. Então seria bom que eles fizessem a ela apenas quatro perguntas:

I - Se ela não for para o segundo turno, quem apoiará (declaradamente ou disfarçadamente, por baixo do pano)?


II - Se ela for eleita, com quem pretende governar (o PT estará na aliança de facto)?

III - Se ela for eleita, os aparelhadores do PT serão mantidos nos cargos-chave de instâncias estatais e para-estatais que hoje ocupam?

IV - Se ela for eleita, dará continuidade às cinco principais políticas autocráticas por meio das quais o PT busca conquistar hegemonia sobre a sociedade, a saber: 1) controle partidário-estatal (disfarçado de social ou civil) dos meios de comunicação e da internet; 2) forças de segurança militarizadas sob o comando do governo federal; 3) participacionismo assembleísta controlado por organizações hierárquicas aparelhadas (travestidas de …

A crônica amarga de Carlos Chagas num dia amargo de morte

O jornalista Carlos Chagas, autor de vários e luminares artigos desde os tempos das coberturas políticas sobre Getúlio Vargas, escreveu um artigo duro e meio sem esperanças. Já no título perguntava: Vale a pena votar nesses picaretas?

Texto amargo de morte pois saiu das mãos do autor precisamente quando Eduardo Campos estava a caminho da morte. Vinicius de Morais, o imorredouro poeta brasileiro, "poeta e diplomata", teria preferido escrever: "Sua benção que eu vou partir, eu vou ter de dizer adeus". 

Nas linhas de Chagas, há um como que esquecimento. Ao falar dos políticos, que ele conhece tão bem, esqueceu-se de falar do povo, que conforma a classe política.

É muito fácil achincalhar os políticos, como o PT cansou de fazer quando ainda era um aparelho sindical. E mesmo nessa condição o PT foi útil ao Brasil. Foi sim. 

Mas deixou de sê-lo para se transformar precisamente naquilo que Carlos Chagas observa no horizonte político, de a e b até z.

Como isso ocorre? Do nada? …

Paternidade responsável

Imagem
Por Salvatore D' Onofrio



No Brasil, a partir de 14 de agosto de 1953, dia de São Joaquim, pai de Maria e avô do Menino Jesus conforme a tradição evangélica, considerado o patriarca da família, começou a ser comemorado o dia dos pais, os que nos deram a vida. Posteriormente, por motivos comerciais, a data foi fixada no segundo domingo de agosto. O exemplo da efeméride nos veio de Washington (USA), quando, em 1910, Sonora Dodd, filha de um veterano da guerra civil, quis homenagear seu pai que, viúvo, cuidou dos seis filhos. Esta data nos deve servir para, além de presentear nosso progenitor, fortalecer os laços familiares e nos fazer refletir sobre o profundo sentido da paternidade.

O poeta latino Horácio escreveu um verso antológico: “Non omnis moriar” (Não morrerei inteiramente), porque parte de mim, minha poesia, restará para sempre. E, com efeito, os versos do poeta da Roma antiga, passados dois milênios, ainda hoje estão vivos, traduzidos para todas as línguas cultas, nos dando e…

Custo de vida da classe média estoura a meta

No mês de Julho de 2014, o ICVM registrou elevação de 0,32%, mais que o dobro da verificada no mês anterior (0,14%). Nos primeiros sete meses do ano, o índice acumula uma alta de 3,98%. Nos últimos 12 meses, o valor acumulado é de 6,61%, ultrapassando assim o limite da meta inflacionária, conforme mostra o gráfico.

A tabela a seguir mostra a evolução mensal do ICVM e em períodos de 12 meses. Nota-se que desde Janeiro as taxas mensais vinham declinando; mas neste mês de Julho, reverteu-se essa tendência. Em período de 12 meses, a inflação acumulada é crescente.

Por grupos, as variações e as contribuições relativas para o aumento, estão apresentadas na tabela seguinte.

Os Aumentos e Quedas no Mês de Julho

Dos grupos analisados pela OEB, 5 tiveram aumento no mês de Julho e 2 apresentaram queda de preços. Praticamente os grupos de Habitação, Despesas Pessoais e Saúde explicam a majoração de 0,32% no ICVM.


“O grupo habitação que pesa 30,3% no índice, teve uma elevação média de seus …

A marcha das promessas

Prossegue a marcha da campanha política em tom de promessas. É tudo imagem. Dilma promete fazer mais e melhor. Mas Lula já disse que não é ela que preside, quem preside o Brasil é o partido. Por isso, acreditar no valor de face das promessas de Lula e de Dilma é acreditar numa fantasia.

Aécio promete cortar metade dos ministérios, mas isso ainda não é um plano de governo. Nem seria possível apresentar um plano completo. Muito da condução do País vai depender dos números reais que o novo presidente encontrar, e a pressão por novos aumentos, que o atual governo esconde.

Eduardo Campos ainda é uma promessa. Não é tão claro quanto Aécio. A base municipal da campanha de Campos está dividida, em algumas cidades apoia deputados do PT, governadores do PSDB e nacionalmente não se sabe o que será.

Um diálogo tirado de um saquinho de batatas fritas

Mais um feito da ciência que na Idade Média seria chamado de satanismo, bruxaria, fim dos tempos. Alunos do MIT reconstituem um diálogo usando as ondas vibracionais impressas num saco de batatas.

A beleza da ciência é ir jogando luz na escuridão da mente humana:

http://meiobit.com/294407/mit-recriar-audio-conversa-imagens-saco-batata-frita/#more-294407

A maquiagem da CPI num governo que é só maquiagem

Gravíssima uma vez, gravíssima uma segunda vez. E, de repente, o país perdeu a conta de quantas maquiagens o Brasil viveu nos últimos 12 anos, precisamente o tempo de governo do PT.

Logo no início do governo de Dilma ocorreu aquele monte de ministros pegos em transações do tipo "aqui tudo é balcão de negócios". Seis foram demitidos mas seus partidos foram premiados, e eles mesmos estão hoje todo pimpões disputando eleição. Um festival de maquiagem para ninguém botar defeito.

Vargas e aquele moço candidato de mãos dadas com o PCC não foi invenção da imprensa. E todo um circo de maquiagens se armou para dizer que o partido que tudo quer não tem culpa nenhuma. Hoje, a imagem do PT é a imagem da maquiagem.

Não é de hoje que as coisas são combinadas, no mau sentido das coisas. É claro que uma equipe de gestores públicos tem obrigação de conversar entre si e tentar salvar as aparências.

Mas a combinação de resultados é mais grave porque foi realizada no mesmo momento em que a presiden…

Com 10% do sonegado teríamos uma saúde pública de Primeiro Mundo

" A sonegação de impostos no Brasil deve alcançar a cifra de R$ 500 bilhões em 31 de dezembro deste ano, afirma Heráclio Camargo, presidente do Sinprofaz (Sindicato Nacional dos Procuradores da Fazenda Nacional), em entrevista em vídeo ao economista Samy Dana, da FGV (Fundação Getulio Vargas).

O número é medido pelo Sonegômetro, ferramenta criada em 2012 para medir a sonegação fiscal no Brasil. A cifra deve representar um aumento em relação a 2013, quando foram sonegados R$ 415 bilhões em impostos, afirma Camargo.

"Construímos uma ferramenta parecida com o Impostômetro. O placar do Sonegômetro pode ser acessado no sítio sonegômetro.com", diz. Segundo Camargo, a ferramenta usa números oficiais da Receita Federal do Brasil e outros estudos sobre tributos específicos para chegar à cifra. "

Fonte: Folha de São Paulo.

Como dizem os caras lá no STF, digo eu; se 10% do que é sonegado fosse agregado ao total oficial gasto com saúde pública, coisa de 90 bilhões, teríamos um…