Mensagens

A mostrar mensagens de Janeiro, 2015

Fanatismo funesto

Por Salvatore D'Onofrio


“Tantum religio potuit suadere malorum!”

(Até que ponto a religião pôde induzir a cometer maldades)

Precisamos necessariamente refletir sobre o recente atentado à sede do semanário satírico “Charlie Hebdo”, causando 12 mortes, inclusive o falecimento de famosos jornalistas de humor, para vingar uma presumida ofensa ao profeta Maomé, espalhando o terror na cidade de Paris e a inquietação em todo o mundo civilizado. A frase que coloquei na epígrafe deste meu artiguinho encontra-se no poema “De rerum natura” (Sobre a natureza das coisas) do sábio romano Lucrécio (98?-55 a.C.), ao descrever o sacrifício da jovem e bela princesa Ifigênia, conduzida à morte pelo próprio pai Agamenão, para aplacar a ira da ciumenta deusa Diana. Horror semelhante se encontra no relato bíblico do sacrifício de Abraão disposto a imolar seu único filho para obedecer a uma ordem divina.

Após milênios de cultura, os homens ainda continuam matando e se matando em n…