Pedro Parente está tentando salvar a Petrobras

A roubalheira começou na Petrobras no ano mesmo de seu surgimento, em 1950. Monteiro Lobato, autor do mote "O petróleo é nosso", foi preso por discordar da direção das coisas. Ele pregava a existência de um país rico (e não uma empresa rica) e por isso queria montar uma empresa de petróleo, como já ocorria nos Estados Unidos.

Pedro Parente


Seja como for, quando FHC assumiu a Presidência surgiram atritos com os diretores que já estavam lá. FHC percebeu que não teria forças para lutar sozinho contra o que já parecia ser um cartel. Em 1995, o jornalista Paulo Francis disse publicamente que todos os diretores da empresa tinham conta na Suíça.


Por fim, mesmo tendo grave atrito com Joel Rennó (pesquisem quem foi) FHC adotou uma linha de sanear a Petrobras e fazê-la crescer. Por isso, enviou ao Congresso um novo marco regulatório. Esse modelo funcionou, com a Petrobras chegando 20ª maior do mundo no setor.

Mas em 2004, Lula mandou ao Congresso outro marco regulatório (que hoje sabemos para que serviria) e a empresa foi sugada por todo lado, como mostra a Lava-Jato. Pior, a empresa passou a ter uma anti-governança corporativa (pesquisem isso também) e aí despencou de vez.

É bom conhecer um pouco mais a fundo para saber que Pedro Parente apenas está tentando fazer com que a Petrobras volte a ser simplesmente uma empresa.

Comentários